sexta-feira, 23 de maio de 2008

Sorriso falso.

A quem esteja magoado, ferido e morto, mas com um sorriso no rosto, achando assim, que esconderia a dor de si mesmo e dos outros. Das pessoas ao redor até pode esconder, mas a si mesmo? Ninguém pode esconder a própria dor. Pode esqueçe-lá durante minutos, mas ela volta, e te revolta como se fosse a primeira vez que aparecesse. A dor é um sentimento que faz seu mundo acabar, com que você queria fazer o mundo acabar. Não, não ponha um sorriso pra disfarçar essa dor que corroi teu corpo, tua mente, tua alma. Ponha lágrima, e sofra sim! Mostre enquanto a tempo de voltar, e não acabar do jeito que eu fiz, que eu terminei.

Drivin me wild.

Um comentário:

p. disse...

você quem faz essas poesias?
se for, tá de párabens.