sábado, 20 de setembro de 2008

Pain.

Levaram meu coração e em troca me deram alguns pontos do teu ibope. Roubaram meu sorriso e me deixaram como herança sofrer a escravidão dessa sociedade. Arrancaram aos meus braços, e no lugar colocaram braços de marionetes. Seqüestraram minha alma para o fundo de um poço cheio de magoas. No final me mataram, já que não sobrara nada mesmo de mim.

Drivin' me wild.

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Amar.

Eu quero te ver ao amanhacer, poder olhar em teus olhos dizer tudo que sempre quis. É esse teu sorriso que me faz suspirar, ficar insuportável ao olhar dos outros. Quando sinto tua presença uma alegria imensa me invade, como se nunca tivesse amado. É estranho. Gosto de poder sonhar com algo e alguém que seja a realidade. É bom amar.

Drivin' me wild.