quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

People.

A vida foi mudando. Aprendendo com os erros, alguns que até não havia conserto, mas outros que houveram o perdão, mas também aqueles que não perdoamos a pessoa mais importante: a nós mesmos. Pessoas foram, pessoas chegaram, algumas até voltaram. Sinto saudade de coisas pequenas que mudaram. Saudade de alguns abraços, de algumas manhãs sonolentas. De repente você sente a dor da saudade que não faz nada reviver novamente. Tiveram pessoas que senti um apego imaginável, e na outra semana, nunca mais as vi. Mas outras que eu nunca pensei em amar são tudo para mim. A vida continua mudando. Há pessoas que me deram um sorriso como ajuda e depois uma punhalada pelas costas. Pessoas grandes, digo no sentido de pensar, aquelas que me ensinaram um outro jeito de olhar pela janela e ver o que existe realmente lá fora. Pessoas que foram pra nunca mais voltar. A vida vai mudar, assim como as pessoas. Também existem as pessoas "ninguém". Pessoa do sorriso, do abraço. Pessoas alegres, depressivas. Pessoas que precisam de amor, assim como eu e você.

Drivin' me wild.

Nenhum comentário: