terça-feira, 6 de janeiro de 2009

"It felt so wrong, It felt so right!"

Não existe o certo ou o errado. Não existem pessoas loucas ou normais. Apenas existe o mundo. E, além disso, o que será que existe? Após a vida, de conquistas e derrotas, que pessoas matam umas as outras para conseguirem o que desejam, o que acontece após tudo isso? "Oh, Deus!", afinal, quem seria você? Que criou tudo isso, pra ter um fim? Estou perdendo a vontade de continuar nessa tal "vida". Cansada de todos e de tudo. Não vejo graça em sorrisos, apenas fico quieta, pensando no que existe por tras de tudo isso. Não preciso de beleza, ser magra, ser a mais linda. Não! Nada disso. Preciso de algo que ainda não sei o nome, que ainda não existe. Preciso de algo maior que a vida. Na vida, nada é certo ou errado.

Drivin' me wild.

Um comentário:

Jordana disse...

A vida é relativa, aliás, ter vida é muito relativo... uhm... e o que não existe, a gente inventa e quem sabe em um universo paralelo... tipo um misto das músicas do lobão com o cazuza... ahhaa.

Obrigada por ter postado em meu blog!

Beijos.