segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Mais um passageiro

Parece que cada dia que vai passando, e o meu trem esta chegando. Cada vez mais perto. Eu o vejo lá no fundo oprimido, cheio de tristeza. Mas, não vejo a hora desse trem chegar e se acomodar. Pode vir amigo, não tenho medo de ti. Dizem que quando tu chegas, nos leva a lugares incríveis, alguns conhecidos como céu, outros como inferno. Ah, que idiotice meu amigo! Creio que tu chegas pra levar-me longe daqui. Preciso, e muito, ficar longe daqui. Meu único medo é de entrar no teu vagão e perder todos que deixei aqui. Medo de não ter feito tudo. Medo de não ter feito nada. Essa minha angústia pelo teu chegar não há de parar? Entretanto, o meu maior anseio é de fazer você, meu idolatrado amigo trem, chegar e fazer com que eu me liberte e seja quem sempre quis ser.

Carolina Cancela.

Nenhum comentário: