sexta-feira, 8 de maio de 2009

Fostes meu herói

Fostes meu herói
Tua capa corria sobre meu domínio
Obedecia a ti, meu herói.

Isso é um passado,
Quem vem se tornando irreal.
Passado dolorido.

Agora és meu bandido,
Meu ladrão de sorrisos.
Decepção, amargura.

Mas ainda há tempo
De resgatar e fazer
O que sempre quis.

Carolina Cancela

Nenhum comentário: