quinta-feira, 27 de agosto de 2009

E já não pude mais saber
Quem era eu, quem era você.
Simbolizei um amor presumível
Que me afligi viver.

2 comentários: