quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Tempo. Parece que tenho todo o tempo.
Tempo? Para que te quero?
Tempo! Já se foi o meu tempo!

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

O que houve comigo?
Tornei-me tão fria
Que mataria a todos agora mesmo.
O que houve comigo?
Estou sem o entusiasmo criador de sempre
Que exoneraria minha insólita paixão agora.